Você sabe o quanto gasta ao comprar na sua viagem internacional?

Você já calculou os custos que você incorre ao usar o cartão internacional?

Você sabe o quanto você paga quando você se vê em uma situação de usar o cartão internacional em sites estrangeiros (como a Amazon) ou quando paga alguma conta no exterior? Acredite, a conta é mais dolorida do que você imagina! A pior sensação é você fazer uma relaxante viagem realizando compras de itens que você desejava adquirir há tanto tempo para depois se surpreender com a fatura do seu cartão. Aprenda a se planejar!

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras)

Sim, é difícil se localizar no meio da sopa de letrinhas do sistema tributário brasileiro, mas todo viajante já deve ter se acostumado a ver as três letras IOF na fatura do seu cartão de crédito.

O imposto sobre operações financeiras incide sobre diversas operações de crédito, recaindo sobre operações de câmbio, de seguro, relativas a títulos, ativos financeiros e instrumentos cambiais.

Para o brasileiro o tipo mais comum de IOF é o que ocorre nas operações financeiras de câmbio. O IOF incidirá sempre que você realizar transações que envolvem dólares ou outras moedas estrangeiras. Neste caso se dividindo em duas típicas modalidades:

  • Operação de remessa onde será cobrado aproximadamente 1,1% (remessa para mesma titularidade) ou 0,38% (remessa para diferente titularidade). No caso de compra de moeda estrangeira em bancos ou casas de câmbio serão cobrados os mesmos 1,1% de imposto.
  • Compra no cartão de crédito internacional que são cobrados os surpreendentes 6,38% do valor (!). E é este valor que você vê destacado na fatura do seu cartão de crédito.

O dólar do cartão de crédito

Outro valor que sempre gera dúvidas nos viajantes é o valor do dólar que é cobrado pelos cartões de crédito. Este valor costuma surpreender em várias situações.

A verdade é que cada banco pode usar o câmbio que bem entender. Não há uma taxa obrigatória ou correta, o Banco Central deixa que cada instituição seja livre para fazer sua conversão.

Então, qual a taxa?
Em uma consulta realizada pelo UOL foi identificado que a maioria das instituições utilizam como referência a taxa Ptax. O Ptax é uma taxa de câmbio calculada durante o dia pelo Banco Central, consistindo na média das taxas informadas pelas negociações de dólar durante o dia.

Além disso, os cartões hoje cobram a taxa do dólar na data de vencimento da fatura do cartão. Ou seja, você não consegue prever qual será o seu custo total ao realizar uma compra.

Os bancos costumam cobrar um percentual acima do Ptax na fatura do cartão de crédito. Cada banco irá adotar uma diferente política, por isso é importante você se atentar qual a taxa cobrada pelo seu banco antes de realizar a viagem e deixar sempre livre para seus gastos internacionais aquele cartão que cobra menos. Para se ter idéia a média cobrada pelos bancos é normalmente 5% acima do Ptax. Então fique atento!

Lembre-se da pegadinha!

Uma coisa importante a se atentar: o valor cobrado de IOF incide em cima do dólar cobrado pelo cartão. Isso significa que ao realizar a compra no seu cartão internacional você irá ser tributado sobre o custo do item ou serviço e também o valor a maior que o banco lhe cobra de dólar. Ou seja, você paga ainda mais imposto.

Sempre que possível evite o IOF!

Glin — Salvando seu dinheiro

Diante de tantos impostos e diferentes valores a serem pagos por quem quer simplesmente realizar uma compra durante sua viagem nós vimos a demanda pelo Glin Gift.

Escolhendo os principais e-commerces americanos como primeiro sites a serem integrados, o Glin Gift permite que o usuário brasileiro consiga comprar em sites americanos economizando o IOF bem como o dólar abusivo do cartão de crédito internacional.

O modo de funcionamento é bem simples. Com uma rede de parceiros no exterior e utilizando formas de pagamentos mais eficiente que o cartão internacional o Glin Gift dá acesso direto ao comércio global para qualquer brasileiro.

O usuário pode pagar em reais via Mercado Pago com seu cartão de crédito (com opção de parcelamento) ou também realizar diretamente transferência bancária para uma das nossas contas. A Glin realiza a aquisição de um gift card e envia diretamente para o e-mail do usuário. Com este código em mãos, o usuário pode realizar a compra no seu site favorito.

Nós conseguimos lhe gerar uma economia de até 10%!

Quer testar? Faça você mesmo uma cotação aqui! Faça um Pedido!


close
Inscreva-se para ser notificado sempre que a Glin publicar novos artigos.
Inscreva-se para ser notificado sempre que a Glin publicar novos artigos.
One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *